Quem lê, sai na frente!

Da edição
por: Régis Fabris
Data: 05/09/2017 | 15:43

Venâncio Aires viveu dias intensos de muita literatura e cultura. Realizada no Parque do Chimarrão, a 18ª Feira do Livro foi a oportunidade para assistir apresentações artísticas, participar de bate-papos e palestras, e claro, ficar mais perto dos livros e renovar o 'estoque' de leituras.

Mais do que um evento para visitar com a escola ou com os amigos, a Feira do Livro também é um momento bacana para pensar sobre a importância dessa prática, e todos os benefícios que ela pode trazer.

Você sabia que, quem lê, tem mais facilidade para colocar-se no lugar do outro, pensar em soluções criativas para problemas do dia a dia, ir mais fundo em debates éticos e apresentar melhores argumentos?

Isso tudo, sem falar da chance de ir melhor na temida redação do vestibular, ou escrever os trabalhos da escola ou faculdade sem precisar 'espremer' o cérebro para elaborar um único parágrafo. Por isso tudo, afirmamos: quem lê, sai na frente.

Brasileiro lê aproximadamente 5 livros por ano

Mas não precisa se animar tanto assim. Segundo a quarta edição da pesquisa Retratos da Leitura no Brasil, realizada a cada quatro anos pela Fundação Pró-Livro e divulgada em 2016, o brasileiro leu 4,96 livros em 2015. Acontece que a metodologia do estudo considera como leitor aquele que leu, inteiro ou em partes, pelo menos um livro nos últimos três meses. Ou seja, segundo os dados revelados, apenas 56% da população - ou 104,7 milhões de brasileiros - podem ser considerados leitores.
Além disso, a bíblia é o livro mais citado entre os entrevistados, assim como outros ligados à espiritualidade, como Ágape e o Livro dos Espíritos. Obras de auto-ajuda também aparecem com força. É animador, no entanto, que leituras consideradas infanto-juvenis ou para jovens adultos, como Diário de um Banana, A Culpa é das Estrelas, A Menina que Roubava Livros e Cinquenta Tons de Cinza também aparecem na lista de mais citados, o que pode ser um indicativo de que há uma nova geração de leitores em formação.

Principais formas de acesso aos livros

43% Comprados em lojas físicas ou pela internet

23% Presenteados

21% Emprestados por alguém da família ou amigos

18% Emprestados em bibliotecas de escolas

42% Outros

* Respostas múltiplas

Motivações para ler

47% Gosto ou interesse pessoal

22% Motivação religiosa

10% Indicação da escola

8% Se distrair

7% Motivação profissional

6% Outros

Os mais lidos
Livros mais citados:

Bíblia
Diário de um banana
Casamento Blindado
A Culpa é das Estrelas
Cinquenta Tons de Cinza
Ágape
Esperança
O Monge e o Executivo
Ninguém é de ninguém
Cidades de Papel
O Código da Inteligência
Livro de Culinária
Livro dos Espíritos
A Maldição do Titã
A Menina que Roubava Livros
Muito mais que cinco minutos
Philia
A Única Esperança

* Em 2015, nos três meses anteriores a pesquisa

###

Eles estão entre os livros mais vendidos da 18ª Feira do Livro de Venâncio Aires

- O mundo de Larissa Manoela

- Diário de Anne Frank

- Minha vida fora da de série - 4º Temporada

- Autentic Games

- Pai Rico, Pai Pobre

###

Enquete do Na Pilha!

Circulando pela Feira do Livro, perguntamos qual obra estão lendo atualmente. Confira!

Potira Heinen

'Outros jeitos de usar a boca' - Rupi Kaur

Nathali Neumann

'A testemunha' - Nora Roberts

Daniela Ruppenthal

'A cultura da participação: criatividade e generosidade no mundo conectado' - Clay Shirky