Mochilão: dicas para escolher o local e montar seu acampamento durante a viagem

Da edição
por: Ana Flávia Hantt
Data: 27/06/2017 | 08:00

Na edição do Na Pilha! desta semana, a ordem é 'internacionalize-se'. Mas na hora de viajar, sempre fica aquela dúvida: Que tipo de viagem fazer? Onde ir? Como se hospedar?

Para ajudar quem sonha em conhecer novos lugares, ou já está fazendo os planos para a próxima trip, conversamos com o produtor executivo de eventos, Emerson Tuta Santos. Ele, que já fez alguns mochilões e outras viagens de cicloturismo, nos dá algumas dicas sobre acampamento. Confira:

>> Leia também: Couchsurfing: o que saber para hospedar e ser hóspede desse sistema

>> Leia também: Hostels pelo mundo: como escolher a melhor opção para a viagem

Foto: Arquivo Pessoal / Na Pilha!Numa barraca você pode escolher a vista
"Em uma barraca você pode escolher a vista", diz Tuta, ao mostrar a foto de um amigo

NP - Em que tipo de viagem é possível acampar?

Tuta - Utilizo muito acampamento nas minhas cicloviagens. Acampar é para os dispostos. Essa é a definição. Em grande parte dos roteiros turísticos é possível acampar, e quanto mais baixa e fria a temperatura, mais complicado e menos agradável. Mas nada impede.

O kit básico é: barraca, saco de dormir, isolante térmico, lona de solo e/ou cobertura para reforço. Sendo de boa qualidade esse kit pesará 6kg, dentro dos 12kg a 15kg indicados para você carregar na mochila, ou seja, nas suas costas. Se for frio, roupas pesam mais, e o saco de dormir deve ser adequado para baixas temperaturas. Opção, roupas de montanhismo.

Foto: Arquivo Pessoal / Na Pilha!Acampado no Vale da Utopia
Acampamento de Tuta no Vale da Utopia

Viajar como mochileiro, pode ter um custo inicial alto, esses materiais são todos específicos e custam caro, comece adquirir agora. Mas no decorrer das viagens se pagam. Já viajei com 15kg nas costas, é cansativo. Muitas vezes a opção é ir conhecer o lugar com a mochila nas costas, o caminho do próximo acampamento é sempre pra frente.

NP - Como encontrar lugares adequados?

Tuta - Cidades pequenas são perfeitas se você quer economizar acampando gratuitamente. Procure uma praça, um posto de polícia, posto de gasolina, saia alguns quilômetros da cidade, procure um bosque perto. Banho você pode tomar em riachos limpos (quando fizer temperaturas altas), postos de gasolina por poucos reais, ou até em ginásios de esporte nos vestiários. Na beira de estradas é possível acampar em lugares ermos, mas se afaste da rodovia, não fique à vista. Se tiver uma trilha aberta, afasta-se dela, se está aberto, alguém passa ali.

Foto: Arquivo Pessoal / Na Pilha!Acampado atrás de um muro de condomínio próximo a Punta del Este, em José Ignácio
Tuta já acampou atrás de um muro de condomínio próximo a Punta del Este, em José Ignácio

Em cidades turísticas, uma boa dica é, junte-se a outros mochileiros ou acampados. Você tem que sentir segurança, siga o instinto e escute sua intuição. Em Santa Catarina acampei junto as tendas dos barcos na beira mar, em uma colônia de pescadores de Governador Celso Ramos. No Uruguai, acampei num terreno baldio, atrás de uns arbustos, junto a um grande muro de condomínio fechado, numa cidade próxima a riquíssima Punta del Este.

NP - Quais são suas experiências com camping?

Tuta - Campings te oferecem um bom banho, estrutura de cozinha por preço baixo e segurança de um local cercado. Mas onde se compartilha espaços sempre tem risco. Coisas com valor andam sempre em pequena mochila com você. Ficam nas barracas as roupas e utensílios de higiene. Nunca tive problema de roubo em campings.

Foto: Arquivo Pessoal / Na Pilha!Mocilando com o argentino Izmael que conheci num camping em SC
"Mocilando com o argentino Izmael que conheci em um camping em SC", diz Tuta.

Eu utilizo o site mochileiros.com para obter informações nos fóruns de discussão. Comece a ler as postagens mais atuais, e tenha paciência, ali é onde encontro as melhores indicações. Tanto de campings, como hostel e preços de agências de passeios. O site também reúne um grupo de pessoas com mesma proposta em economizar. Estas dispensam tempo relatando suas experiências. Faça o mesmo ao terminar sua trip. Colabore e inspire outros.


Fisk