Na Pilha!

Maturidade profissional aos 16 anos

Da edição
por: Régis Fabris
Data: 05/07/2018 | 13:30

Maturidade profissional aos 16 anos

Desde a infância, Marcus Vinícius Schefer, 16 anos, já alimentava o sonho de atuar na área da saúde e no futuro cursar Medicina. Ao ingressar no primeiro ano do Ensino Médio, na Escola Cônego Albino Juchen, ele já se matriculou no Curso Técnico em Enfermagem do campus Venâncio Aires, da Universidade de Santa Cruz do Sul (Unisc). 'Desde pequeno eu sonho em trabalhar na área da saúde, sempre tive admiração pela profissão, isso foi com certeza minha principal motivação para iniciar o curso técnico'.

Foto: Divulgação / Taiane KusslerMarcus se dedica desde cedo há profissão que escolheu
Marcus se dedica desde cedo há profissão que escolheu

Desde cedo, Vinícius encara uma 'maratona de estudos' com naturalidade ao dar o primeiro passo para a realização deste objetivo profissional. Com foco e organização, ele assume todos os compromissos e acredita que este esforço trará bons resultados a longo prazo. 'Estou conciliando os estudos da educação básica com o curso técnico, por enquanto não está sendo difícil, o meu dia a dia está sendo bem cansativo, mas está dando para ter um bom rendimento na escola e na Unisc.'

O estudante tomou esta decisão logo cedo, porque acredita que o conhecimento na área da saúde irá facilitar os projetos futuros, devido ao fato de querer cursar Medicina. Além disso, ele afirma que os cursos técnicos oportunizam a entrada no mercado de trabalho, logo após a conclusão dos estudos escolares. 'Acho bem importante a realização de um curso técnico antes de concluir o Ensino Médio, pois o quanto antes eu buscar a qualificação, terei mais oportunidades de adquirir um emprego melhor.'