Livros Interativos

Livros
por: Scheila Ferreira
Data: 31/03/2015 | 12:27

Em 2013, um paradigma foi quebrado, pelo menos para mim. Claro, é muito difícil nos desapegar ao modo como tratamos os livros, e não vá sair riscando os livros que você ver pela frente. Nesse mesmo ano adquiri o Destrua sse Diário, da Keri Smith, designer canadense, e, no livro, ela propõe uma série de desafios para que seus leitores, em atos destrutivos diversos, tenham o objetivo de experimentar o verdadeiro processo criativo.

Depois desse livro, surgiu o Termine Este Livro da mesma autora, que, por sua vez, é um desafio ao leitor para decifrar o que estava escrito no mesmo.

Dentre o gênero interativo, surgiu outros autores com livros que faz o leitor interagir mais ainda com o livro, como, por  exemplo 'Uma Página de Cada Vez', bem parecido com o Destrua Esse Diário, no qual o autor fez perguntas ou ordens que o leitor possa cumprir 'Listografia - Sua Vida em Lista', levando o titulo bem a sério, um livro no qual você lista momentos de sua vida; 'Eu + Você = Nós', um livro para ser preenchido juntamente com a pessoa amada ou com seus amigos.

O novo livro de Kari Smith, 'Isto Não é um Livro', nos faz, de diversas maneiras, pensar o que realmente é um livro.

'Plantar ideias, transformar páginas, viajar no tempo, desafiar-se ? os convites a interagir e interferir no conteúdo são os mais diversos e improváveis, numa aventura de criação que atiça a curiosidade e bagunça os paradigmas do que são e para que servem os livros que lemos.'

Esse novo livro da Keri Smith se tornou mais um dos livros desejados por mim.