Introduzindo Arlequina

No Controle
por: João Pedro Filippe
Data: 05/07/2016 | 14:30

Acredito que todos já estejam familiarizados com a Arlequina do universo do Batman, certo? Bom, para quem não a conhece, estou aqui para dar um breve resumo da história dela em preparação para o filme do Esquadrão Suicida, que estreia logo mais em agosto.

Algo bem interessante que muitas pessoas não sabem é que a personagem não teve sua origem nos quadrinhos, mas sim no seriado do Batman, lá no fim da década de 1990. Porém, como toda criança que cresceu nos anos 2000, eu não assisti esse seriado e vi apenas a Liga da Justiça reprisar eternamente durante as manhãs no SBT, o que não me impediu de conhecer essa personagem igualmente fofa e psicótica que é a Harley.

Harley foi criada inicialmente como um interesse amoroso para o Coringa, e nos dias de hoje o 'romance' que eles tinham cabe muito bem como um relacionamento abusivo: ela fazia de tudo por ele, era sua parceira em crime apenas para ficar do seu lado e coisas do tipo. Foi por causa desse amor imenso, inclusive, que ela ficou com o cabelo todo loucão assim. Deixe-me explicar melhor:

Harleen Quinzel era uma ginasta e psiquiatra estagiária no Asilo Arkham, local onde o Coringa estava internado, graças ao vigilante Batman. Lá, ele teve tratamento com ninguém menos que Quinzel, que se apaixonou completamente pelas mentiras ditas pelo Coringa e tornou seu objetivo de vida destruir o Batman para conseguir o amor e admiração dele. Pois é. Na nova continuidade dos quadrinhos, a origem dela é recontada e isso enfureceu muitos fãs, pois, ao invés da personagem escolher entrar nessa estrada perturbada como ela fez originalmente, o Coringa é quem joga ela dentro de um tonel cheio de líquidos químicos e a deixa com o cabelo e pele diferentes e tira o poder de escolha das mãos dela.

'Mas, João, por que tu tá contando isso?', você deve estar pensando. Bem, porque a) adoro ela demais e b) o filme vai abordar a origem dela, então nada melhor que entrar na sala de cinema preparado e com o tema de casa feito, né?

Assim como a Arlequina, vários personagens vão aparecer no filme, incluindo duas mulheres muito fortes chamadas Katana e Encantadora. Para dar uma breve história delas, Katana tem esse nome porque seu marido foi morto e seu espírito ficou preso dentro da espada que ela tinha, enquanto Encantadora é uma espécie de segunda personalidade de uma mulher chamada June Moone, que toma conta de seu corpo quando seu nome é gritado.

Nos dias de hoje, a Harley terminou o relacionamento abusivo que tinha com o Coringa, saiu do armário como bissexual, tem um lindo relacionamento com a Hera Venenosa <3 e também tem seu próprio quadrinho mensal tanto nos States quanto aqui - e é o melhor quadrinho atual da DC Comics.