Guns N' Roses: confira a opinião de quem foi ao show em Porto Alegre

Música
por:
Data: 09/11/2016 | 17:40

Na noite de ontem, terça-feira, 8, ocorreu, no estádio Beira-Rio, em Porto Alegre, o show da banda Guns N' Roses

Quase 50 mil fãs estiveram presente no evento e puderam acompanhar a tão esperada apresentação da banda. Entre eles, aliás, alguns venâncio-airenses também compareceram! Eles contam o que acharam do show:

Foto: Divulgação / Arquivo PessoalMarina e seu namorado Matheus Machado do lado de fora do estádio Beira-Rio
Marina e seu namorado Matheus Machado do lado de fora do estádio Beira-Rio

>> Aos 23 anos, a estudante Marina Oliveira aproveitou 2016 da melhor forma: em outubro, ela foi ao show do Aerosmith, realizando o sonho de ver o vocalista Steven Tyler ao vivo, e, na terça-feira, ela foi ao show do Guns N' Roses! 'Superou todas as expectativas', revela. 'E os três integrantes 'originais' da banda, com toda a certeza, não perderam sua essência e definitivamente não são fantasmas do que eram quando tudo começou', afirma Marina. 

Para ela, o show foi um verdadeiro espetáculo. Escolher a melhor parte, segundo a estudante, é mesmo muito difícil. 'Mas, a música que eu estava esperando não era nem 'Sweet Child O' Mine' e nem 'November Rain', e, sim, 'Paradise City'', comenta Marina. 'Pode parecer meio clichê, mas essa ainda é minha música preferida'. E foi com essa música que a banda encerrou o show, de forma sincera, única e incrível.

>> Super fã da banda, o estudante Augusto Frölich, 20 anos, diz que 'o show foi épico'. Para ele, a apresentação superou todas as expectativas e foi um sonho realizado. 'A sensação de ver a banda com sua formação quase original, mesmo não estando em seu auge, foi inesquecível', frisa. Embora seja difícil escolher apenas um momento como sendo o melhor do show, Augusto revela que marcante mesmo foi quando o Slash introduziu a música 'Sweet Child O' Mine' que é tema do filme 'O Poderoso Chefão'. 'É um solo de arrepiar qualquer um', comenta Augusto. No entanto, todos os clássicos que a banda tocou também foram momentos incríveis do show.

>> Para o estudante Lucas Alves Bica, de 20 anos, não existem palavras suficientes para descrever o quão grande foi o show do Guns N' Roses. 'A banda foi espetacular, garantindo um repertório de muita qualidade, que empolgava a cada nova música', relembra ele. Entre tantos momentos marcantes e inesquecíveis do show, Lucas escolhe um: o início do primeiro solo de Slash em 'November Rain', quando o público foi à loucura instantaneamente.

Se, depois de tudo, ele iria novamente a um show da banda? Com certeza! 'Depois de toda a vibração e realização que o Guns ofereceu, não teria como deixar de ir em uma próxima oportunidade', afirma Lucas.

Foto: Divulgação / Arquivo Pessoalsdfsdf
Augusto (rosto da selfie!) e Lucas (atrás, à esquerda) foram acompanhados de Larissa Vogt, Caroline Hermes e Leonardo Frölich 
Foto: Divulgação / Arquivo PessoalEmily momentos antes do show, já na pista
Emily momentos antes do show, já na pista

>> Quem também foi ao show foi a estudante de 20 anos Emily Schuster, que já curte a banda há muito tempo. 'Nunca tinha ido em um show deles, justamente por não ser mais a formação original', revela. No entanto, após a experiência, Emily admite: foi incrível! 'Me emocionei muito porque eles tocaram as melhores músicas, um setlist maravilhoso', ressalta.

De acordo com ela, ainda, o melhor momento do show foi quando o Axl Rose, vocalista da banda, começou as primeiras notas de 'November Rain' no piano seguido do solo de guitarra do Slash. 'Nunca pensei que viveria pra ver isso ao vivo', comenta Emily.

 

 


Fisk