É férias que fala, né?

Da edição
por: Régis Fabris
Data: 26/07/2018 | 17:15

Todo mundo sabe que as responsabilidades relacionadas com trabalho e os estudos podem ser bastante desgastantes e, por isso, mesmo amando o que a gente faz, é normal esperar com ansiedade pelas férias. Ou não?

Tirar um tempo para si, descansar ou fazer coisas divertidas com pessoas que adoramos são ótimas formas de passar o tempo. Mas o Na Pilha! de hoje também mostra o outro lado. Aquelas pessoas que ocupam o período de férias com outras atividades. Ou seja, trabalham, estudam, estudam mais um pouco e por aí vai.

Nessa edição, conversamos com uma galera que está aproveitando as férias de uma maneira diferente. Se eles optaram pelo não descanso, dá uma conferida que os motivos são bem interessantes.

E para você, que talvez esteja aproveitando suas férias (e lendo o NP, claro), também confere uma enquete feita com outros pilhados. Boa leitura!

###

O que fazer quando se tem apenas 3 dias de 'férias'?

Larissa Müller Schneider tem 18 anos e estuda em um cursinho preparatório, já que seu sonho é entrar na Academia Militar das Agulhas Negras (AMAN). Desde fevereiro deste ano ela mora na cidade de Santa Maria e vem dedicando seu tempo a uma rotina de estudos mais puxada.

Foto: Divulgação / Arquivo PessoalLarissa tem 18 anos e confessa não se importar muito com o pouco tempo que terá de férias
Larissa tem 18 anos e confessa não se importar muito com o pouco tempo que terá de férias

Sobre as suas férias de inverno, época essa que é aguardada ansiosamente por vários adolescentes, ela conta que teve uma folga por parte do cursinho de apenas três dias. Questionada sobre o que faria durante a sua pequena folga, ela diz que aproveitou para curtir a família e, claro, estudar.

'Acho válido no momento não ter muito tempo de férias, até para não perder o foco e o ritmo de estudo, visto que a prova já é daqui a dois meses.Esse três dias estão servindo mais para colocar a matéria em dia do que para descansar. Ganhamos várias listas de exercícios para fazer', revela.

Larissa estuda para um concurso público do exército, o ExPCEx (Escola Preparatória de Cadetes do Exército), para entrar depois na Academia Militar das Agulhas Negras. A AMAN, por sua vez, é um internato, quando depois de cinco anos de faculdade o aluno sai formado em Ciências Militares e aspirante a Oficial do Exército.

###

Que folga, que nada!

Enfim, as tão sonhadas férias de inverno chegaram, dá para 'ficar relax' sem ter nada para fazer ou aproveitar o momento para fazer tudo aquilo que 'não dá tempo' durante as aulas. Nada disso! Nem todos pensam assim. Felipe Bergmann, 14 anos, é estudante do 9º ano do Colégio Bom Jesus e aproveitou as férias para dar um 'up' nos estudos, ao fazer um intercâmbio junto com o grupo de estudantes da escola, em Toronto, no Canadá.

Foto: Divulgação / Arquivo PessoalFelipe está realizando um curso de inglês por cerca de 10 dias, na Victoria University, em Toronto, Canadá
Felipe está realizando um curso de inglês por cerca de 10 dias, na Victoria University, em Toronto, Canadá

Felipe dedicou os 21 dias de férias escolares para conhecer pessoas, lugares diferentes e praticar o inglês, na Victoria University, em Toronto.

'Está sendo muito divertido e interessante, pois além de fazer novos amigos, conheci um pouco mais da cultura canadense e francesa, suas leis, comidas, rotina diária, pontos turísticos, museus, esportes e a história do país.'

Ele acrescenta que, estudar nas férias é uma oportunidade para buscar conhecimento a partir de novas experiências. 'Fazer intercâmbio é muito importante, pois mostra que não somos pessoas acomodadas e estamos sempre buscando mais conhecimento e aprendizado.'

Durante este período, o estudante teve que se adaptar à rotina de estudos e, principalmente, ao dia a dia dos canadenses. Segundo ele, os nativos possuem muitos hábitos diferentes e um deles está relacionado às regras e pontualidade. 'Eles têm horários exatos para tudo e seguem as regras e leis do país, que são muito mais rigorosas e eficientes que no Brasil.'

Um outro ponto que despertou a curiosidade do estudante diz respeito à educação no trânsito. 'Você não pode atravessar a rua fora da faixa de segurança, por exemplo, caso contrário, está sujeito a pagar uma multa que varia de 50 a 85 dólares.' Durante a viagem, o grupo de estudantes também teve a oportunidade de visitar as cidades de Montreal e Ottawa.

###

Em contato com algumas pessoas o Na Pilha! Fez a seguinte pergunta para elas: ' Nas minhas férias eu...'. Vejam o que os entrevistados nos responderam!

Diovanna Manganelli, 16 anos

' Nessas férias eu vou aproveitar para me divertir com os amigos e minha família.'

Bruna Luisa Schlindwein, 24 anos

' Nessas férias eu aproveitei para fazer uma disciplina de inglês na faculdade.'

David Thiago Vedoy, 16 anos

"Nessas férias eu aproveitarei para descansar e sair para curtir."

Luís Fernando Bergamaschi, 17 anos

'Nessas férias eu saí pra curtir com meus amigos. Viajei para rever a família, ler um livro e relaxar um pouco (pra sair da rotina).'